Histórias (mais ou menos) reais, contadas oralmente.

Alguns teóricos afirmam que o discurso oral é não-linear. Talvez pela nossa percepção do organizado e não organizado influenciarem o discurso falado nesse sentido.
Hoje, temos The Moth, um podcast – em inglês, infelizmente – onde pessoas contam histórias curtinhas – em torno de 10 minutos – para uma platéia. Muitas são histórias bem humoradas, crônicas dignas de um Fernando Veríssimo no fator inusitado.
Não temos esse tipo de cultura no Brasil, mas acho que deveríamos. Temos uma cultura oral muito interessante, com sotaques diferentes e regionalismos diversos, nosso povo tem histórias para contar.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s